top of page

O que é Economia Azul e qual sua importância

Saiba mais sobre esse conceito e como a TideWise vem contribuindo com a conservação dos oceanos




A conservação dos rios, mares e oceanos é um dos grandes desafios para um futuro cada vez mais sustentável. Segundo a ONU Meio Ambiente, estima-se que somente a pesca excessiva, a poluição, o desenvolvimento urbano costeiro e a mudança climática já causaram um declínio de 50% dos recifes de coral nos últimos 30 anos.


Nesse sentido, a Economia Azul vem em busca de soluções mais sustentáveis quando se fala da utilização dos mares e oceanos como fonte de inovação e crescimento para um desenvolvimento econômico em concordância com boas práticas ambientais.


Nesse blog, vamos explorar a interseção entre embarcações autônomas e a economia azul, destacando como a TideWise está na busca por soluções sustentáveis e eficientes para a indústria marítima.


O que é Economia Azul?


A Economia Azul é um conceito que se refere ao uso sustentável dos recursos marinhos e costeiros, com o objetivo de promover o crescimento econômico, a inclusão social e a conservação ambiental. Essa abordagem engloba uma ampla gama de setores, incluindo pesca, transporte marítimo, turismo costeiro, energia renovável, aquicultura e muito mais.


Em resumo, a Economia Azul busca conciliar o desenvolvimento econômico com sustentabilidade ambiental e a inclusão social, reconhecendo o valor dos oceanos como fonte de oportunidades econômicas e como um ecossistema fundamental para a vida no planeta.

Segundo a Comissão Europeia, a agenda da Economia Azul pode:

- Contribuir para a mitigação das mudanças climáticas, desenvolvendo energia renovável offshore, descarbonizando o transporte marítimo e tornando os portos verdes;

- Tornar a economia mais circular ao renovar os padrões de pesca, reciclagem de navios e desmantelamento de plataformas offshore;

- Desenvolver uma infraestrutura verde nas áreas costeiras, que ajudará a preservar a biodiversidade e as paisagens, beneficiando o turismo e a economia litorânea.


Como nasceu a economia azul?


O conceito de economia azul foi introduzido pela primeira vez por Gunter Pauli, um empreendedor belga, em seu livro “The Blue Economy: 10 Years, 100 Innovations, 100 Million Jobs” (A Economia Azul: 10 Anos, 100 Inovações, 100 Milhões de Empregos), publicado em 2010. Pauli propôs um modelo econômico baseado nos princípios da natureza e na utilização dos recursos marinhos de forma sustentável.


A ideia por trás da economia azul surgiu da necessidade de repensar os modelos tradicionais de desenvolvimento e explorar o potencial dos oceanos como fonte de inovação, crescimento econômico e criação de empregos, ao mesmo tempo em que se protege o meio ambiente marinho.


Pauli argumentou que os oceanos possuem uma abundância de recursos pouco explorados que poderiam ser utilizados de forma eficiente e sustentável para atender às necessidades humanas. Ele propôs uma série de projetos e soluções baseadas em biomimética, ou seja, na aplicação de princípios de princípios inspirados na natureza para resolver problemas e desenvolver tecnologias.


Desde então, o conceito de economia azul tem sido amplamente discutido e adotado por governos, organizações internacionais, empresas e comunidades costeiras em todo o mundo. Ele destaca a importância de uma abordagem integrada e sustentável para a gestão dos recursos marinhos, visando a conservação e a criação de oportunidades econômicas inclusivas.



Como o uso de embarcações autônomas pode auxiliar no desenvolvimento da economia azul?


O uso de embarcações autônomas pode desempenhar um papel significativo no desenvolvimento da economia azul, que se refere à sustentabilidade e ao crescimento econômico relacionados aos oceanos e recursos marinhos. Essas embarcações autônomas, como o USV Tupan, desenvolvido pela TideWise, têm a capacidade de operar de forma independente, de forma muito mais eficiente, segura e sustentável.



Como a Economia Azul se aplica na TideWise?


Na TideWise, a Economia Azul é uma das bases fundamentais para nossas atividades e negócios. Aplicamos os princípios da economia azul em diversos aspectos do nosso trabalho, principalmente na oferta de serviços relacionados ao transporte marítimo e na conservação da biodiversidade marinha.


Aqui estão algumas maneiras pelas quais a Economia Azul se aplica na TideWise:


- Sustentabilidade Ambiental: Consideramos a sustentabilidade ambiental como um valor central em nossas operações. Nossas embarcações autônomas são projetadas para minimizar o consumo de combustível e as emissões de poluentes, reduzindo assim o impacto no ecossistema marinho. Por exemplo, o uso do USV Tupan, a embarcação autônoma da TideWise, diminui em até 98% o uso de combustível em operações em relação a embarcações convencionais.


Além disso, integrando uma vasta gama de sensores ao USV Tupan também podemos fazer o monitoramento em tempo real da qualidade da água, identificar a direção e velocidade de ventos, correntes e verificar outros dados relevantes. Assim, podemos auxiliar nossos clientes a atingir suas metas de sustentabilidade e reduzir o impacto ambiental.


- Coleta de dados e monitoramento: Um dos serviços que a TideWise oferece é a coleta de dados com o uso dos sensores LiDAR e Multibeam Echosounder. Esses sensores são utilizados para a realização de batimetria, que consiste na medição da profundidade dos oceanos, lagos e rios, é essencial para serviços de monitoramento do canal de acesso portuário, diagnóstico de possível assoreamento, previsão e planejamento de dragagem, manutenção de calado portuário, alargamento de praias, pesquisas arqueológicas submarinas e outras finalidades.


- Conservação e pesquisa marinha: Embarcações autônomas, como o USV Tupan, podem apoiar a conservação marinha e a pesquisa científica ao fornecer acesso a áreas remotas e de difícil acesso, como recifes de coral, áreas protegidas e regiões polares. Elas podem realizar estudos de biodiversidade, monitorar espécies marinhas ameaçadas, realizar pesquisas oceanográficas e realizar estudos de impacto ambiental.


- Identificação da presença de óleo no mar: O nosso USV tem a capacidade de ser integrado a um sistema autônomo de pouso e decolagem de drones, utilizado na identificação e no monitoramento de vazamentos de óleo no mar. Essa integração foi vencedora do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2020 e demonstrada no Mar do Norte em contrato com o Elia Group, o que atesta a sua relevância para a tecnologia brasileira.


Todo esse sistema foi desenvolvido no projeto ARIEL (Autonomous Robot for Identification of Emulsified Liquids), resultado da parceria entre a Repsol Sinopec do Brasil, a TideWise e os laboratórios da COPPE/UFRJ LEAD, LAMCE e SMT. Para saber mais sobre o projeto, assista ao vídeo:





Essas são apenas algumas áreas de atuação que a TideWise vem corroborando e aplicando a Economia Azul em seu negócio. À medida que navegamos rumo a um futuro mais sustentável, queremos continuar contribuindo na transformação da indústria marítima, na inovação tecnológica e na conscientização sobre a importância de proteger e conservar nossos preciosos recursos marinhos.


Junte-se a nós nessa jornada! Para mais informações sobre como podemos contribuir com soluções mais sustentáveis para o seu negócio entre em contato pelo e-mail contato@tidewise.io ou pelo WhatsApp +55 (21) 3923-5694.


186 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page